domingo, julho 15, 2012

Expectativas Versus Desejos


Praticamente quase todo mundo que conheço já teve alguma frustração na vida. Outros já tiveram tantas que nem acreditam mais naquilo em que antes acreditavam.

É fato: criou expectativas, tornou-se automaticamente possibilitado para sofrer frustrações(ainda que não venha a sofrer). Em outras palavras, criar é expectativas é deixar-se vulnerável. Mas nem sempre dá para evitar isso(como por exemplo, a expectativa por uma pessoa pela qual se está apaixonado).

Mas será que não há uma maneira diferente e melhor de agir que evite tanto sofrimento? Eu creio que sim. E é sobre isso que vim vai falar aqui. Eu creio que a melhor maneira de evitar frustrações é não criando expectativas; simplesmente desejando. WHT? Talvez você me pergunte: “Como assim, Célio?”. É simples, veja uma exemplo.

Imagine que um garoto vai fazer aniversário e deseja ganhar um vídeo game dos seus pais. Ele é um bom garoto e levando em consideração o que eu falei acima, ele tem apenas duas escolhas: criar expectativas ou apenas desejar.

Se ele escolher criar expectativas, quando for no dia do aniversário dele ele vai ficar esperando ganhar o vídeo game dos pais. Vai ficar esperando até o último minuto do dia ansioso. Se ele ganhar, tudo bem. Ele se diverte e fica feliz da vida. Mas e se ele não ganhar? Com certeza ele vai ficar frustrado.
Se por outro lado ele resolver apenas desejar, quando for no dia do aniversário dele, ele vai apenas querer, mas não irá esperar nada dos seus pais. Se ele não ganhar, ele não vai ficar tão triste por que ele não esperava ganhar. Mas se ele ganhar, imagine a felicidade dele! Ele vai explodir de alegria! Ele nem estava esperando(pois não criou expectativas) e ganhou o que queria.

É assim que as coisas funcionam na nossa vida em todas as áreas! Em todo relacionamento que você tiver, isso pode ser aplicado. Inclusive no relacionamento com Deus.

Portanto, meu conselho é: não crie expectativas, mas apenas deseje - Sonhe! Fazendo isso, você não será decepcionado(a). E se aquilo que você tanto quer acontecer, aproveite e agradeça a Deus. E não se esqueça:

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.” (Filipenses 4:6-7)

Com carinho,

Célio Reis

Fonte da imagem: pmisc

0 comentários:

Comente!